Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Extermínio de Pensamentos

É um desatino que para aqui vai...

Extermínio de Pensamentos

É um desatino que para aqui vai...

Vazio

Exterminado por Terminatora, em 06.05.15

Não sei ao certo, há quanto tempo começou. Estou apática. Inconsciente. Morta. 

Gosto de estar neste vazio, onde não sinto nada. E esse nada me preenche com uma sensação de liberdade. 

 

É estranho. É-me indiferente. Tudo. Gosto de estar no meu vazio. É aí que me encontro. É aí que vejo, é aí que sinto. Não sinto nada e aquilo que sinto, é sempre tão fugaz.

Como pode isto ser possível? Como pode isto de não sentir nada, ser tão bom? Este desapego, reconfortante. No entanto, estranho. 

Não sinto nada e isso deixa-me feliz. 

Não tenho vontade de amar outro ser, me dedicar a outro ser, se este vazio me preenche melhor que qualquer amor que já tenha vivido. Além disso, nenhum amor nos deixa verdadeiramente livres. E para que quero eu amor, se sou feliz e livre assim? 

O amor pede compromissos. Pede dedicação. Pede sacrifícios. 

E não, eu não me quero sacrificar, nem dedicar, muito menos me comprometer com alguém. Prefiro o meu vazio. Não me pede satisfações. Não me pede explicações. Não me pede horas marcadas e minutos contados. 

Amo o meu vazio. 

 

Extermínios

comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Extermínios esquecidos

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Implacáveis