Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Extermínio de Pensamentos

É um desatino que para aqui vai...

Extermínio de Pensamentos

É um desatino que para aqui vai...

23
Abr15

Queridos livros!

Terminatora

Hoje é o vosso dia! Fico contente por apesar de existirem agora tablets, pcs e outros, o vosso valor sempre foi e será superior.

O livro esconde um mundo de imaginação, palavras e pensamentos que querem ser partilhados com o seu leitor! Adoro livros! De todos os formatos e cores. Com muitas páginas de preferência!!

Nunca me vou cansar de comprar e ler livros. Ainda bem que existem! Foram os meus amigos durante anos!  

23
Abr15

Quem mais chora, mais mama!

Terminatora

Quem mais chora mais mama! Já toda a população continental, intercontinental e talvez Mundial o diz! De outras formas, concerteza. À maneira deles.

Gosto de ver pessoas lamuriarem-se das suas vidas insignificantes e pequeninas, como se fossem Torres Eiffeis de problemas. Gosto de apreciar o quão bestas conseguem ser. lá conseguem elas enganar uma dúzia ou talvez mais de pessoas à sua volta. Oh coitadinha! (dizem os outros) Calma que isso há-de melhorar! Isto é assim a vida!! O que é que se vai fazer?! É só problemas só problemas… ai a minha vida, já não sei o que faça!!  

No entanto, suas bestas! Passam a vida a maltratar os colegas, as outras pessoas, a mentir, até à própria família! E querem ter uma vida sem problemas?!»?!?!?!?!??!??!?! oh minhas grandes bestas! Problemas têm as pessoas que sempre foram correctas, honestas, simpáticas e humildes. E às quais a vida nem sempre sorri e no entanto conseguem levar o dia a dia com uma certa alegria, até contagiante. E damos por nós a pensar, como será que consegue?

Conheço casos assim. Pessoas a quem nunca devia de acontecer nada de mal. Que não mereciam que lhes acontecesse nada de mal na vida. Mas que infeliz(ou feliz)mente têm uma carga de trabalhos todos os dias. E todos os dias suas vidas passa a correr por si e mal têm tempo de desfrutar um belo pôr do sol, ou até mesmo o sol em si. Seus filhos…sua casa…sua mulher/marido. Dizem que Deus dá, as batalhas mais difíceis aos seus melhores guerreiros. Enfim. Mas no entanto estes pelindras de merdinha, vêm com suas lamúrias…que as consultas médicas são um absurdo! A medicação é um absurdo! Oh, mas comprei um telemóvel de 225€! (Ahahahahahahhah!! Tás a gozar comigo certo?!)

Então não tas cheio de problemas? A tua vida não é uma merda? Cheia de preocupações? Com contas atrás de contas pa pagar? Despesas e mais despesas? E que não consegues chegar com um tostão ao fim do mês na conta? Eh pá… rebobina lá isso outra vez!

Adorooooo ouvi-los a chorar! Adoroooo e depois saem-se com estas! Ahahahaha é melhor que uma comédia!

Oh pá! São os maiores a sério! E fico eu a pensar.. como conseguem eles, serem tão frios e indiferentes aos outros. Serem tão manipuladores e mentirosos. Como conseguem dormir? Fico revoltada por ter que haver pessoas assim! Fico fula porque a economia está na merda que está. O país está na merda que está. A sociedade está na merda que está, à conta de pessoas assim! Sem escrúpulos, manipuladores e mentirosas!!!

Mas porque raios temos que aturar pessoas ASSIM? Trabalhar com pessoas assim? Conviver com pessoas assim?! Eliminem-nos a todos! São parasitas, pragas !!

Esses é que deviam ser extintos de uma vez por todas!!! Deixem os animaizinhos em paz e dêem-me cabo dos verdadeiros Animais!   Porra…. Acordem!

23
Abr15

Dor

Terminatora

Há muitos tipos de dores. Do coração, da cabeça, do corpo, do pensamento. Há muitos tipos de dor. A que custa mais suportar é a nossa dor. Embora compreendamos que exista piores dores, piores sofrimentos que o nosso. A nossa dor é sempre grande e dificil de suportar. Porque sofremos nós? Porque sentimos tanto assim? Porque pensamos assim? Há coisas díficeis de explicar e compreender.

Porque gostamos nós de ficar a remoer, revolver em sentimentos negativos e tristes? Ao ponto de que nem estamos felizes ao lado de quem mais nos apoia e acarinha.

Ficamos tão submersos nesses sentimentos e nesses pensamentos atrozes, como se gostassemos de sofrer! É algo que eu ainda não compreendi. E nem sei porque gosto tanto de estar imersa e me afogar em mágoas assim. Na verdade não gosto, mas não consigo evitar lá voltar, sempre que estou só, sempre que estou triste, sempre que me põem triste.

Queria evitar ficar triste. Queria evitar, Pensar!

23
Abr15

Impotência

Terminatora

Que impotência, que impotência sinto ao ver injustiças serem praticadas, sem nada poder fazer para as cessar! Que impotência!

Que impotência sinto, ver que minhas palavras são jogadas ao chão como lixo!

Que frustração! Ai que frustração tão grande sentir que me fazem passar por parva, pensam eles! !

Que irritação! Saber que vão na direcção errada, tendo eu alertado para o caminho melhor, ainda que, possa não ser O melhor! Mas porque me importo eu com quem ignorante quer ser? Porque me importo eu com quem prefere ilusão? Porque me importo???

Canso-me. Somente me canso levndo o peso de saber, que podia ver o seu sofrimento aliviado, não fosse a tremenda resistência à mudança. Não fosse a teimosia do “pensar que tudo sabe”! de que vale? De que vale pensarmos que sabemos tudo, quando nada é certo, nada é garantido, nada é como é!

E porque me canso eu? Porque me preocupo eu? Com pessoas que julgam ter todo o saber e conhecimento, presunção e sabedoria e filosofia e psicologia como ninguém?! E que tenho eu?

Senão fantasmas de conhecimento. Fantasmas de memórias incertas e desrreguladas. Só tenho a preocupação! Só tenho esta voz que grita aos meus ouvidos ; porquê? porquê é que tu és idiota? E insistes em algo que perdido está? Desiste! Ó pá! Desiste!

Mas eu não quero! Eu quero protegê-los, quero ajudá-los! Se eu não o fizer, quem fará? Quem se preocupará? E se eles se perderem? Quem lhes mostrará o caminho? Onde estarei eu, se precisarem de um guia….

Acorda! Não precisam de ti! São donos do conhecimento supremo e acima de todas as coisas, já te esqueceste?? Idiota!

Que frustração….que impotência…não verão eles, o que eu vejo? Não escutarão eles o que eu ouço? Porquê?

Que irritação….!

23
Abr15

Escrever

Terminatora

Em tempos, gostava muito de escrever. Conseguia construir textos, prosas com príncipio, meio e fim. Hoje, já não sei o que significa um parágrafo. O que é uma pausa ou uma vírgula. As letras deixaram de construir textos bonitos, frases sinfónicas para serem lamúrios e choros isolados, deixados no esquecimento.

Peguei neste computador velho, para tentar entornar alguma coisa de útil para cima das teclas. No entanto, fico mais tempo olhando para o ecrã, vagueando em estapafúrdias memórias dancarinas. Ocasionalmente sai-me algo racional, com sentido e coração. Ocasionalmente… o que não quer dizer que aconteça agora.

O que estou aqui a tentar fazer? (Pergunto-me eu) Uma vez fui procurar uma psicóloga. Quando estava na Universidade. Deixara a escola para depois, para tentar trabalhar e ajudar em casa. Anos depois queria voltar a estudar, queria pegar nos livros, queria aprender, queria conhecer mais, saber mais, ouvir mais, ler mais. Queria….pois queria. Agora não sei o que quero. Bom, na altura estava numa situação um bocado deprimente, como tem sido estes últimos anos. Era só mais uma fase… Mas! Já que havia psicólogos a baixo custo para os estudantes, lá fui eu… Sim, pedi a demissão no trabalho, estou farta de aturar pessoas que não valorizam o trabalho que faço. Sim, estou farta de me sacrificar e vê-los a rirem-se de mim. Estou farta daquilo (dizia eu). Ah sim, gosto das aulas. Sim consigo estudar, se cheguei cá foi porque estudei! (daaa) Dias depois, parecia uma Maria chorona. Por fim, falei do que mais me havia angústiado tantos anos. E agora? Ah sim? Não preciso de mais ajuda? Não preciso de voltar mais? Que nervos… andei eu a derramar lágrimas, porque não queria ter de contar o que de tão íntimo me ía na alma... Psicólogos? Raios me parta. Nunca mais na vida!

Recolheram mais um testemunho, para daqui a uns anos, fazerem um livro à custa de quem está desesperado. E lá ganham eles milhares de euros, porque nós somos uns pintos chorões, não sabemos muitas vezes com quem desabafar e pensando que um profissional nos vai ajudar….treta!

Aiiiii a minha vida. Lá estou eu a divagar novamente. Pensando bem, os psicólogos também devem passar maus bocados. Eles têm que ouvir todas as nossas lamúrias, procurar ouvir sem julgar. Fazer as críticas de forma súbtil, por forma a nos fazer ver que no fundo tudo tem um lado positivo. E lá têm eles que ir para as suas casas, sem muitas vezes terem quem os ouça.

Até que gosto da profissão deles. Mas não sei se teria a capacidade para me sentar no lugar deles. Se bem que em tempos, já fui uma grande ouvinte. Acho que a idade faz-nos mais irritadiços e impacientes. Já não tenho muita paciência para ouvir adultos a queixarem-se. Não estão satisfeitos?! Mudem de vida! Mudem alguma coisa! Façam por melhorar o que está mal! Um barco sem remos, velas ou motor, não vai a lado nenhum! Ora bolas!

De que estava mesmo eu a falar? Ah sim. Gosto de escrever. Gosto de nadar nos meus pensamentos. Se bem que nadar é um termo muito suave! Dado que normalmente, isto está numa tempestade pior que o Katrina!!!

Julgo que por hoje está concluído… vai aqui uma mistura de frases que sentido não fazem, quanto mais lógica!

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Extermínios antigos

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar